Patrick Toledo: sub-17 do Minas Tênis Clube

Não há orgulho maior do que ver os alunos e ex-alunos do Instituto Superação voando!

É o caso do Patrick Toledo, que chegou ao instituto em 2016 e jogou pelas equipes competitivas de basquete do sub-12 ao sub-15. Aluno da EE Major Arcy, logo se destacou – “É um atleta nato”, dizem os treinadores dele no instituto, Luiz Berlfein e Thiago Costa.

Atualmente, Patrick defende o sub-17 do Minas Tênis Clube, um tradicional clube de Minas Gerais responsável por revelar atletas olímpicos no vôlei, basquete, judô e tantos outros esportes.

“O Patrick sempre foi muito dedicado e disciplinado. Ele evoluiu bastante tanto a parte técnica do basquete como os valores ensinados pelo instituto, sendo destaque nos nossos treinos e principalmente no campeonato Paulista”, disse orgulhoso Luiz Berlfein.

Apesar de ter integrado o Minas Tênis Clube em 2020, devido a pandemia, Patrick só conseguiu fazer sua estreia oficial pelo sub-17 do clube neste ano, dia 16 de junho. Patrick fez uma excelente partida, marcou 13 pontos e ajudou o Minas a garantir a vitória sobre o Oly Azul por 76 a 39.

Fazer parte de histórias de transformação e sucesso é muito gratificante para nós e nos mostra que estamos no caminho certo. Juntos podemos sonhar alto!

Os conteúdos de aprendizagem estão organizados no currículo Superação, formado por uma matriz de competências esportivas e socioemocionais do programa, com metas para cada faixa etária e nível de aprendizagem. O currículo também é um guia para o sistema de monitoramento e avaliação, pois oferece parâmetros para acompanhar integralmente cada aluno-atleta.

Queremos garantir que a prática esportiva oferecida seja segura, do ponto de vista físico, psicológico e social. A premissa básica para criar esse ambiente esportivo é o valor-chave SUPERAÇÃO – fazer o seu melhor. Para nós, superar a si próprio é o ideal de sucesso.

Aqui, integramos os princípios didático-pedagógicos do programa para que, ao mesmo tempo que os alunos-atletas aprendem uma modalidade esportiva, também sejam estimulados a desenvolver suas competências socioemocionais. O tratamento que damos à prática esportiva é baseado nos avanços da pedagogia do esporte e da neuroaprendizagem, derivada das descobertas da neurociência aplicada à educação. A prática regular de atividades esportivas está positivamente relacionada ao desenvolvimento das funções executivas do cérebro – autocontrole, memória de trabalho e flexibilidade cognitiva.

Todas as estratégias anteriores culminam no nosso desejo de ver os alunos-atletas transferindo os aprendizados para outras esferas de suas vidas. Nossa expectativa é identificar repercussões positivas na sua vida fora do programa; no círculo familiar, contribuindo com a construção de vínculos e relações familiares positivas; e na escola, incentivando o bom aproveitamento escolar. Com o Passaporte Superação, o aluno pode acompanhar seu processo e concretizar seus resultados.