Participação do Instituto Superação em eventos online

No dia 25 de outubro de 2021, Joana Miraglia, nossa Diretora Geral, deu uma aula com o tema: Captação de Recursos, no Curso Básico de Gestão e Governança para Organizações da Sociedade Civil, promovido pela Escola de Governança e Gestão da prefeitura de Niterói.

Na mesma semana, no dia 26, nossa diretora mediou a mesa “Como conseguir recursos para projetos esportivos?” que aconteceu na 6ª Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social, promovida pela REMS e o Sesc SP.O debate contou com a participação de João Paulo Vergueiro, diretor executivo da ABCR – Associação Brasileira de Captadores de Recursos, e Raphael Mayer, Cofundador da Simbiose Social.

“Foi um prazer ter a oportunidade de mediar uma mesa com participantes renomados e que trouxeram contribuições muito relevantes para um tema crucial das OSCs, a captação de recursos.” contou Joana Miraglia.

Publicado em: 4 de novembro de 2021

Os conteúdos de aprendizagem estão organizados no currículo Superação, formado por uma matriz de competências esportivas e socioemocionais do programa, com metas para cada faixa etária e nível de aprendizagem. O currículo também é um guia para o sistema de monitoramento e avaliação, pois oferece parâmetros para acompanhar integralmente cada aluno-atleta.

Queremos garantir que a prática esportiva oferecida seja segura, do ponto de vista físico, psicológico e social. A premissa básica para criar esse ambiente esportivo é o valor-chave SUPERAÇÃO – fazer o seu melhor. Para nós, superar a si próprio é o ideal de sucesso.

Aqui, integramos os princípios didático-pedagógicos do programa para que, ao mesmo tempo que os alunos-atletas aprendem uma modalidade esportiva, também sejam estimulados a desenvolver suas competências socioemocionais. O tratamento que damos à prática esportiva é baseado nos avanços da pedagogia do esporte e da neuroaprendizagem, derivada das descobertas da neurociência aplicada à educação. A prática regular de atividades esportivas está positivamente relacionada ao desenvolvimento das funções executivas do cérebro – autocontrole, memória de trabalho e flexibilidade cognitiva.

Todas as estratégias anteriores culminam no nosso desejo de ver os alunos-atletas transferindo os aprendizados para outras esferas de suas vidas. Nossa expectativa é identificar repercussões positivas na sua vida fora do programa; no círculo familiar, contribuindo com a construção de vínculos e relações familiares positivas; e na escola, incentivando o bom aproveitamento escolar. Com o Passaporte Superação, o aluno pode acompanhar seu processo e concretizar seus resultados.