Jonas Rodrigues Dantas Neto – Escola Estadual Jácomo Stávale

Jonas Rodrigues Dantas Neto chegou em 2018 no Instituto Superação, na Escola Estadual Jácomo Stávale, após aceitar o convite do professor Alexandre Varoli para participar das aulas de basquete. Sua mãe, Fábia, ficou maravilhada com o trabalho realizado pelo IS e os valores aqui ensinados. Ela relata que viu, com a participação do Jonas no IS, uma ótima oportunidade de mudança para a vida dele.
Aos 5 anos de idade ele foi diagnosticado com câncer (Leucemia Linfóide Aguda) e durante 3 anos passou por tratamentos que deixaram algumas sequelas, como nervosismo, ansiedade, dores musculares e dores nos ossos. A Fábia conta que o basquete tem ajudado muito no crescimento, na educação, na comunicação, no caráter, na disciplina e na autoestima do Jonas.
O Jonas, que conheceu de perto o significado da palavra SUPERAÇÃO, sempre soube que iria vencer. Hoje, ele se destaca pelo seu comprometimento, dedicação e por se superar em cada aula e treino.

“Queremos agradecer o professor Alexandre e o Instituto Superação, pois estão sendo fundamentais na recuperação do meu filho. Muito obrigado por tudo e principalmente por fazer a diferença na vida do Jonas e de tantos alunos das escolas públicas. ” Fábia, mãe do Jonas.

 

 

Os conteúdos de aprendizagem estão organizados no currículo Superação, formado por uma matriz de competências esportivas e socioemocionais do programa, com metas para cada faixa etária e nível de aprendizagem. O currículo também é um guia para o sistema de monitoramento e avaliação, pois oferece parâmetros para acompanhar integralmente cada aluno-atleta.

Queremos garantir que a prática esportiva oferecida seja segura, do ponto de vista físico, psicológico e social. A premissa básica para criar esse ambiente esportivo é o valor-chave SUPERAÇÃO – fazer o seu melhor. Para nós, superar a si próprio é o ideal de sucesso.

Aqui, integramos os princípios didático-pedagógicos do programa para que, ao mesmo tempo que os alunos-atletas aprendem uma modalidade esportiva, também sejam estimulados a desenvolver suas competências socioemocionais. O tratamento que damos à prática esportiva é baseado nos avanços da pedagogia do esporte e da neuroaprendizagem, derivada das descobertas da neurociência aplicada à educação. A prática regular de atividades esportivas está positivamente relacionada ao desenvolvimento das funções executivas do cérebro – autocontrole, memória de trabalho e flexibilidade cognitiva.

Todas as estratégias anteriores culminam no nosso desejo de ver os alunos-atletas transferindo os aprendizados para outras esferas de suas vidas. Nossa expectativa é identificar repercussões positivas na sua vida fora do programa; no círculo familiar, contribuindo com a construção de vínculos e relações familiares positivas; e na escola, incentivando o bom aproveitamento escolar. Com o Passaporte Superação, o aluno pode acompanhar seu processo e concretizar seus resultados.