ENCERRAMENTO DO NÍVEL 1 DA FORMAÇÃO DE TREINADORES

No dia 5 de dezembro, chegamos ao último encontro on-line da formação de treinadores no Método DNA Superação de 2020!

Nesse 8º encontro, finalizamos o nosso processo formativo de 2020, que contou com 32 aulas on-line e 8 encontros presenciais pelo zoom, do nível 1 da certificação no Método DNA Superação.

Os nossos níveis de certificação correspondem ao grau de conhecimento dos nossos treinadores e treinadoras na aplicação do Método, e evoluem em ciclos anuais. Todo o processo de formação de treinadores do IS foi desenhado visando garantir o desenvolvimento de competências pessoais e profissionais dos nossos treinadores e treinadoras, para proporcionarem uma experiência esportiva positiva e formativa aos nossos alunos-atletas.

O Bráulio Sá, responsável pela formação de treinadores, exalta a atuação dos treinadores e tutores ao longo de todo o ano: “Mesmo com a pandemia, eles buscavam trazer os alunos para perto do IS. Mesmo com todas as dificuldades encontradas por eles.”

E assim fechamos o último encontro do ano. Ano que vem tem mais!

Publicado em: 13 de dezembro de 2020

Os conteúdos de aprendizagem estão organizados no currículo Superação, formado por uma matriz de competências esportivas e socioemocionais do programa, com metas para cada faixa etária e nível de aprendizagem. O currículo também é um guia para o sistema de monitoramento e avaliação, pois oferece parâmetros para acompanhar integralmente cada aluno-atleta.

Queremos garantir que a prática esportiva oferecida seja segura, do ponto de vista físico, psicológico e social. A premissa básica para criar esse ambiente esportivo é o valor-chave SUPERAÇÃO – fazer o seu melhor. Para nós, superar a si próprio é o ideal de sucesso.

Aqui, integramos os princípios didático-pedagógicos do programa para que, ao mesmo tempo que os alunos-atletas aprendem uma modalidade esportiva, também sejam estimulados a desenvolver suas competências socioemocionais. O tratamento que damos à prática esportiva é baseado nos avanços da pedagogia do esporte e da neuroaprendizagem, derivada das descobertas da neurociência aplicada à educação. A prática regular de atividades esportivas está positivamente relacionada ao desenvolvimento das funções executivas do cérebro – autocontrole, memória de trabalho e flexibilidade cognitiva.

Todas as estratégias anteriores culminam no nosso desejo de ver os alunos-atletas transferindo os aprendizados para outras esferas de suas vidas. Nossa expectativa é identificar repercussões positivas na sua vida fora do programa; no círculo familiar, contribuindo com a construção de vínculos e relações familiares positivas; e na escola, incentivando o bom aproveitamento escolar. Com o Passaporte Superação, o aluno pode acompanhar seu processo e concretizar seus resultados.