5º Encontro de Formação de Treinadores(as) em 2021

No dia 14 de agosto tivemos o nosso 5º Encontro de Formação de Treinadores (as) em 2021, que contou com a presença de 41 participantes entre treinadores, treinadoras e tutores. Nesse ano, estamos com 2 turmas de formação no Método DNA Superação, uma de Nível 1, Introdução ao nosso método, e outra de Nível 2, em que trazemos conteúdos mais avançados. No nosso 5º encontro tivemos as duas turmas presentes.

Ao longo da formação, nosso time pedagógico apresentou o Protocolo de Retorno criado por nós, com apoio de médicos voluntário, que visa garantir a segurança e deve ser seguidos por todos nossos treinadores. O protocolo prevê diretrizes como:  a utilização dos  materiais esportivos de maneira individual, treinos sem contato físico, quadra dividida em 3 grandes setores para preservação do distanciamento social, dentre outras coisas.
Também tivemos o momento de bate-papo e troca de aprendizado entre os treinadores, eles foram divididos em grupos, em salas separadas no Zoom, e debateram sobre os assuntos propostos pela equipe pedagógica: Jogos de Inteligência e Criatividade durante os treinos, criação de “hand check” sem contato físico, entre outros. Ao final, os grupos apresentaram suas reflexões ao resto da equipe e receberam novas ideias para aprimoramento do debate.

Nosso Gestor de Formação de Treinadores, Bráulio de Sá, contou pra gente a importância dos encontro:
“São extremamente importantes, sempre após um ciclo de aulas temos os encontros, neste momento podemos sanar dúvidas, trocar experiências e trazer os treinadores e treinadoras para campo prático do ensino. O encontro serve de termômetro para os treinadores e para equipe de formação, onde é possível o ajuste do processo de ensino/aprendizado”
Durante nosso 5º Encontro de Formação nossos treinadores e treinadoras demostram ainda mais comprometimento em oferecer aos nossos alunos-atletas uma experiência esportiva positiva, e isso faz toda diferença.

Publicado em: 10 de setembro de 2021

Os conteúdos de aprendizagem estão organizados no currículo Superação, formado por uma matriz de competências esportivas e socioemocionais do programa, com metas para cada faixa etária e nível de aprendizagem. O currículo também é um guia para o sistema de monitoramento e avaliação, pois oferece parâmetros para acompanhar integralmente cada aluno-atleta.

Queremos garantir que a prática esportiva oferecida seja segura, do ponto de vista físico, psicológico e social. A premissa básica para criar esse ambiente esportivo é o valor-chave SUPERAÇÃO – fazer o seu melhor. Para nós, superar a si próprio é o ideal de sucesso.

Aqui, integramos os princípios didático-pedagógicos do programa para que, ao mesmo tempo que os alunos-atletas aprendem uma modalidade esportiva, também sejam estimulados a desenvolver suas competências socioemocionais. O tratamento que damos à prática esportiva é baseado nos avanços da pedagogia do esporte e da neuroaprendizagem, derivada das descobertas da neurociência aplicada à educação. A prática regular de atividades esportivas está positivamente relacionada ao desenvolvimento das funções executivas do cérebro – autocontrole, memória de trabalho e flexibilidade cognitiva.

Todas as estratégias anteriores culminam no nosso desejo de ver os alunos-atletas transferindo os aprendizados para outras esferas de suas vidas. Nossa expectativa é identificar repercussões positivas na sua vida fora do programa; no círculo familiar, contribuindo com a construção de vínculos e relações familiares positivas; e na escola, incentivando o bom aproveitamento escolar. Com o Passaporte Superação, o aluno pode acompanhar seu processo e concretizar seus resultados.